Dois motivos, uma jornada e muito significado.

writingTenho ultimamente pensado no por que de escrever, por que direcionar esforços para criar um texto e publicá-lo (ou não) em algum lugar. Hoje mesmo um amigo me fez a pergunta: “qual a tua motivação para escrever?”. Cheguei então à conclusão que escrevo por dois motivos.

O primeiro é que colocar tudo que penso no papel ajuda a clarear o que se pensa. Escrever é um ato pessoal: pegamos tudo que pensamos, focalizamos para um tema e organizamos nosso pensamento, para então extravasar tudo o que podemos. Acabamos, assim, limpando nossas mentes, deixando-as mais leves. Nesse processo todo, o que é confuso fica mais claro, e o que é um nó de raiva se desfaz aos poucos, virando não mais do que um questionamento de por que sentíamos raiva antes. Sim, escrever relaxa e desestressa tanto quanto fazer uma aula de muay thai.

O segundo motivo começa com o fato que, durante toda nossa vida, estamos aprendendo, e passamos por ciclos de absorver e transmitir o conhecimento que temos. Podemos pensar esse processo como se fosse um copo, que quanto está vazio vai enchendo e enchendo, até o momento em que começa a transbordar. Quando o copo transborda todo seu conteúdo começa um novo ciclo, e assim vivemos, aprendendo e ensinando, absorvendo e transmitindo conhecimento e experiências. O segundo motivo então é que, ao escrever, temos a oportunidade de ensinar algo aos outros. Temos a chance de, quem sabe, fazer brotar em quem lê uma semente de questionamento, de indignação com a condição atual em que se vive, buscando assim melhorar essa condição. Acredito que quem lê o que escrevo são pessoas que refletem sobre a vida, e não simplesmente vivem na inércia de uma rotina mecânica. Mesmo assim, sempre há o que melhorar em nossos mundos, e tento então trazer algum questionamento que gere atitude. Indo por essa linha, escrever ajuda as pessoas a melhorarem suas vidas, e é por isso que escrevo.

No entanto, é muito bonito falar que queremos limpar nossas mentes e ajudar as pessoas e não se entregar de fato a isso. O que quero dizer é que, para escrever e ter um texto não só com conteúdo, mas com significado, é preciso escrever com o coração. É preciso se entregar de alma e deixar nosso eu mais profundo falar. Isso, é claro, não se aplica só a escrever, mas a tudo que fazemos: somente com entrega total é que criamos propósito e significado em tudo que fazemos. Afinal, por que alguma pessoa faria qualquer coisa, se não fosse porque ela tem um objetivo, e, portanto, está fazendo isso de coração? Por que mais alguém faria alguma coisa, se não porque tem um propósito e um significado?  Parece loucura, mas a maioria das pessoas não consegue entender essa pergunta…

Outro ponto muito importante é que a ideia de escrever não é fazer isso para ter um texto, e sim ter um texto porque se escreveu. O que quero dizer é que o ato de escrever em si é prazeroso, é algo bom, libertador. Se no final haverá um texto, um conto, um livro, pouco importa, mas o caminho que percorremos durante esse tempo é o que há de melhor em todo o processo. A felicidade não está no resultado final, mas sim na jornada percorrida até o resultado.

No final das contas, cada um tem a sua forma de expressar o que sente, seja escrever, cantar uma música, dançar, lutar, correr, cozinhar… O importante é conseguir extravasar o que se sente de uma maneira positiva. O importante é viver o momento, sentir o momento, se dedicar ao momento que vivemos. A única coisa que importa é que estamos aqui, agora, nesse momento. O que mais poderia importar? Com o que mais deveríamos nos preocupar, senão com o agora? Mas, para se importar somente com o aqui e o agora, temos que estar com as mentes limpas, focados 100% no momento. É aí que entra, para mim, porque escrever é tão importante, para ajudar a limpar a mente e viver o momento, e assim fazer tudo que faço um pouco melhor.

Para mim, escrever liberta a alma. O que te liberta a alma?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s