Post especial sobre o ENEJ

ENEJ“Esse evento mudou a minha vida”. Não foram uma, duas, ou três, mas dezenas de pessoas que vieram, aos prantos, dizer isso a algum staff do ENEJ 2013. Alguns disseram que vão correr atrás de seus sonhos; outros que conseguem ver o mundo por outra perspectiva; nós, da organização, ainda estamos tentando entender o que fizemos. Talvez demore quatro dias, quatro meses, talvez demore uma vida inteira.

Aos que não puderam participar de toda a programação (por estarem trabalhando ou então em viagem à Gramado), ou ainda aos que foram, mas ficaram mexendo no celular ou dormindo, não se preocupem: nós gravamos todas as atividades do evento, e vamos criar um canal no youtube para que possamos assistir a tudo de novo. Das mais de 30 palestras que aconteceram, eu vi umas três ou quatro, e como essa foi a realidade de todos os staffs, já estamos programando encontros para ver os vídeos e conversar sobre os assuntos.

Muitos congressistas vieram nos abraçar (algumas invadiram o palco para isso, tudo bem) e nos agradecer por tudo. O que posso dizer, em nome de toda equipe do ENEJ 2013 é: muito obrigado, nós fizemos tudo isso porque acreditamos na capacidade de transformação vinda de cada um de vocês. Além disso, queremos dizer que valeu a pena. Cometemos diversos erros pelo caminho, desde o início do projeto, há quase 600 dias, até o encerramento do evento, nesse sábado. Pedimos desculpas por isso, mas se lembrem sempre que nos esforçamos ao máximo para que tudo ocorresse da melhor forma possível. No final das contas, olhamos para trás e vemos que, sem esses erros, não teríamos aprendido tanto. Foi assim, com muito esforço, e atravancando o que viesse pela frente, que cumprimos a nossa missão, e hoje, sem mais o peso de milhares de pianos em nossas costas, dizemos que cada segundo valeu a pena. Parece clichê, mas é a mais pura verdade. Ah, mas não pensem que o trabalho acabou: ainda temos vídeos para editar, recompensas para fazer, relatórios para escrever… E muitas pessoas para ajudar.

Hoje, olho para meu quarto e vejo algumas recordações físicas que o ENEJ nos deixou: uma camiseta amarela, um livro com uma mensagem, uma pulseira cinza rasgada, uma letra gigante feita de isopor. Cada uma é um símbolo, e vai servir para nos lembrar de tudo o que fizemos. Mais ainda é uma recordação da nossa missão, daquilo que devemos defender todos os dias de nossas vidas. No entanto, mais do que as coisas físicas, o ENEJ nos deixou uma marca: essa está lá dentro de nós, na pílula vermelha que escolhemos tomar, junto com cada um dos congressistas. É, agora não tem mais volta: fizemos a nossa escolha, e está na hora de arcar com as conseqüências. Como disse Marcelo Cardoso, a dor é imensa, mas o sofrimento não.

Segunda-feira, 15h04min. Os quatro dias de evento já foram, mas a mensagem do ENEJ vai ficar para sempre. Seja nos vídeos, no livro, seja nas fotos, nas histórias, nas nossas mentes e nos nossos corações. Dá um aperto no peito, me mareja os olhos de pensar que hoje é dia 15 de julho. Mais ainda, cai uma lágrima, lá dentro do peito, de orgulho de nós mesmos. Que emoção foi ver nossos ídolos, pessoas inspiradoras de todos os cantos, conversando com o MEJ, ensinando sobre a vida que vale a pena ser vivida.

Ainda assim, estou preocupado. Não com o evento, mas com as pessoas. Depois de quatro dias imersos nesse ambiente de inspiração, choramos e nos abraçamos, dissemos que iríamos trilhar novos rumos. No entanto, hoje o “mundo real” está de volta, com o trânsito, afazeres, rotina… Preocupo-me se a emoção vai perdurar, se o questionamento ainda está presente, e mais ainda, se a ação virá. Dissemos no encerramento do evento, e diremos agora de novo: o ENEJ só será de fato transformador se você tomar uma atitude, se você passar a encarar a vida de uma nova maneira, abrindo seus olhos e seu coração para a realidade que está na nossa frente, mas que muitas vezes nos negamos a ver. O ENEJ só mudará a sua vida se você, de fato, entender o jogo que jogamos, e buscar jogar para mudar. Por fim então, depois de todas as lágrimas, agradecimentos e comemorações, fica a pergunta: e agora, o que você vai fazer?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s