Silêncio

Você já reparou o quão irritante é o silêncio?

Talvez por isso que ele esteja tão ausente do nosso dia-a-dia. Preso em meio a barulhos de carros, conversas, alertas de celulares. Quando queremos “nos livrar” desses barulhos, colocamos uma música no ouvido. Ninguém quer ouvir o silêncio.

Tarde da noite, aos poucos, o barulho para. As ruas ficam vazias de carros e de pessoas, os celulares não vibram mais. É nesse momento que paramos, e então ela vem.

Implacável, incontrolável, a mente nos toma como um tsunami, varrendo todo o silêncio da alma e nos enchendo de pensamentos e ideias malucas. A mente, para a qual não prestamos atenção o dia inteiro, nos toma quando menos esperamos, e então ficamos sem conseguir dormir.

Mas ouvir a mente não é realmente ouvir o silêncio.

Você já reparou como várias pessoas têm dificuldade em ficar sozinhas? Dizem que querem sempre estar com alguém, que sentem essa necessidade… Na verdade, essa necessidade é medo: medo de escutar o silêncio. Medo de, quando as cortinas baixarem e não tivermos que impressionar ninguém, o que nossa alma vai dizer? Medo de olhar para dentro e se encontrar igual às ruas à noite: vazias.

Talvez por isso eu goste tanto da noite: posso correr sem os carros ao lado, posso estudar sem o barulho da construção civil, posso escrever sem o barulho da mente.

2:46. Paro para ouvir: na rua, um passarinho canta ao longe. O chuveiro está pingando. Um caminhão passa na rua. Ouço o som de um grilo – ou será um morcego? Escrevo e ouço o barulho das teclas.

Mesmo com esses barulhos ao fundo, posso ouvir o silêncio e sentir minha alma.

Um pensamento. Dois. Cinco. Mil pensamentos. Uma onda de pensamentos me invade novamente. Entro no facebook e me perco no tsunami de pensar.

Assim como esse texto, meu andar é caótico. O silêncio vem e vai, assim como os pensamentos. A noite ainda é longa, e parto à procura de mais momentos silenciosos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s