Às vezes não me considero parte desse mundo

Somos de outro planeta, outro sistema
Viemos na cauda do cometa, recitando um poema
E temos agora uma vida pela frente
Pra conhecer outros, pra ser gente
Viver a Terra e sua natureza
Cada dia com sua beleza
Pra depois virar energia cósmica, virar pó
E daí seguiremos, sós
Com uma mensagem
E um aperto no coração

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s