Amigos, vou lhes contá um causo…

Otro dia eu tava na praça
Quando vi vindo, cabisbaxa, uma mulé
Eu falei “paz e amô!”
Ela falo “sai do meu pé!”
Eu achei um horrô
E gritei alto e claro pr’éla intendê
“Ô véia troxa, vai ti fudê!”
E dispois de uns dias, num é que ela aparece na praça
Tooda cheia de graça?
E me diz “Sinhô, tenho que lhe agradecê
n’otro dia eu tava c’á macaca
quem eu visse eu quiria matá
mas, então, o sinhô mi fez vê
que eu só precisava fudê!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s