Quer? Então toma!

cada louco tem a sua fissura
um por um com a sua ferida
De fora
somos todos iguais
De dentro, doenças diferentes
igual no que parece, mas não no que se sente
Tem louco que é pirado, tem louco que é artista
tem louco sequelado ou até com medo de dentista
medo
tem de tudo e tem de nada

Desdo hospício ao mini mercado
Até o shopping tem translado
Sabes, comida boa limpa o corpo e a’lma
humor negro alimenta a criança malcriada
Sabes, todos tem Deus dentro de si
Em alguns de nós ele só tá mais escondido
Mas tá lá!
Não seja tolo, eu te vejo atrás do espelho
não deixe mofo, jogue fora aquele velho relho
que dia e noite tu te açoita
pobre alma ribeirinha
A ferida tá lá, atrás da moita!
A alma é egoísta e tão mesquinha…

Minha alma, tua alma
tua alma, minha calma
minha alma, tua láurea
tua fama, minha grana

cada louco com sua loucura
juntos
loucura total!
A mente imagina, não quer dizer que não é real
a gente não vê, não quer dizer que é banal
mais vidas internas, menos vida digital!

De tudo que penso, falo, escrevo
Talvez alguma coisa te preste

De todos que Sou
Do louco e do são
Talvez algum de mim reste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s