Sobre a dor

Às vezes me pego pensando nas dores que já senti
Em quando me rasgaram por dentro
Em quando de joelhos eu caí
Eu penso e sinto de novo
A vez em que faria tudo pra não estar aqui

Me lembro também das dores que eu fiz sentirem
Em quando te cortei o coração
Te empurrei de cima do muro pro chão
Em lembro e vejo o rosto
De todas as vezes que te abandonei

A dor tem cara
Assim como a morte tem
Elas são amigas, caminham de mãos dadas com a vida
Sem elas não há renascer

Quando a dor me toca
às vezes eu choro
às vezes eu gozo
e dou risada

Pra dor não tem saída
Cada dia que se vive
Mais dor nas nossas vidas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s