Amiga antiga

Eu to cansado de palavras bonitas

e de rimas ricas

Não agüento mais respostas prontas

nem minha própria hipocrisia


Pra onde eu quero ir?

Eu bem queria saber!

Qual é meu plano?

Mandar tudo se fuder…


Só sei que nesse mundo quadrado

eu não quero mais viver


Dona Morte minha amiga

te conheço desde pequeninho

quando lia o gibi do Penadinho


Me ajuda agora

te peço com todo coração

Morte, me ajuda a ver o mundo sob outra descrição


Aí quem sabe a angústia se vai

Aí quem sabe o que importa fica

Dona Morte, vem ser minha amiga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s