Esmola

ME AJUDE
TENHO FOME
DE OLHAR NOS TEUS OLHOS
olhos de verdade
com brilho
olhos de gente que é bicho
e bicho que é gente
de um ser que vive
olhos de abrir o apetite
mas tenho fome
hambre
hungry
help me, chica guapa
dá um tempo
pro celular
e ilumina o mundo com teu olhar

Plantei uma semente
de abraço, de atenção, de olhar sincero
uma semente de amor, de coração aberto
e colhi flores e frutas
de pessoas que abriram seu livro da vida
me mostraram o que tinham escrito
me olharam nos olhos e me deixaram segurar junto a caneta
pra escrever parte das páginas de uma vida real

SOLTA A MÃO!
VEM!
Vem seu merda!
Quero sentir na pele do que tu é capaz!
Fala e fala
pensa e pensa
mas não sai do lugar
e quando é chamado
fica aí parado…
Vem!
Vem que aqui tem pra ti
tem espaço pra mostrar quem tu é de verdade
o palco tá montado
só esperando tu arriscar a mostrar tua identidade
a riscar tua história
a guardar fora da memória, no mundo
coisas do absurdo
VEM!
Seu artista sem criança
com medo de uma folha branca…

Pequena

Maquiagem muda o corpo
mas não pinta a alma
e eu te quero inteira
te quero natural
te quero animal
te quero o dia inteiro
acordar e sentir teu cheiro no travesseiro

te quero, pequena
aí a vida vai valer a pena

tudo preto
você ali no meio
formas geométricas brancas
movem-se em sincronia
não interaja com elas
apenas observe-as
irão se transformar
em pessoas a caminhar sem te olhar
em prédios e calçada
e a cena se instala
você está ali no meio
está imerso, mas consciente
é um sonho, aproveite.